Bullying: vamos enfrentar o problema?

22 de março de 2021

Em grandes condomínios, o convívio entre crianças e jovens pode ser afetado pela prática de Bullying, assim como já infelizmente ocorre nas escolas. Neste post você confere dicas de como abordar o tema.

As administrações condominiais devem ficar atentas às ocorrências, que não condizem em nada com as normas de boa vizinhança e convivência em harmonia que todos prezam. A Lei 13.185/2015, que Institui o Programa de Combate à Intimidação Sistemática (bullying), dispõe no artigo 2°, o que caracteriza bullying, vejamos:

Art. 2º Caracteriza-se a intimidação sistemática (bullying) quando há violência física ou psicológica em atos de intimidação, humilhação ou discriminação e, ainda:

I – Ataques físicos; II – Insultos pessoais; III – Comentários sistemáticos e apelidos pejorativos; IV – Ameaças por quaisquer meios; V – Grafites depreciativos; VI – Expressões preconceituosas; VII – Isolamento social consciente e premeditado; VIII – Pilhérias.

O fato desta lei ser direcionada às Secretarias de Educação para ações no ambiente escolar, não afasta sua importância no combate ao bullying e medidas que as demais entidades (incluindo os condomínios), podem adotar para combater esta forma de ofensa. Não estamos afastados do risco de sofrer bullying. Afinal, na sociedade basta ser diferente para sermos alvo de olhares diferentes.

Aos síndicos a orientação é que é preciso agir. 

Fonte: SIPCES

Link: https://www.sipces.org.br/materias,19140,bullying-preciso-enfrentar-problema.html


COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA



Categorias


Postagens mais lidas

ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS

CONDOPLUS SOLUÇÕES EM COBRANÇAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS