Você sabe como funciona a execução da dívida de condomínio?

23 de outubro de 2020

Síndico ou condômino, é muito importante conhecer o que diz a lei sobre a dívida de condomínio – Parte II

Para entrar com uma ação judicial sobre dívida de condomínio o síndico deve reunir todas as provas e contratar um advogado. Em seguida, é iniciado o processo na Justiça.

Durante uma execução, pode-se cobrar uma multa de 2%, juros de 1% ao mês e mais a correção pela inflação do período atrasado. Tudo isso além do valor da taxa atrasada, é claro. O valor dos juros pode variar de acordo com o estipulado na convenção do condomínio.

Com aquela dúvida frequente: dívida de condomínio faz perder o imóvel? A resposta é sim. O condômino que for condenado na Justiça e não pagar a dívida de condomínio em até três dias pode ter o imóvel penhorado. Essa medida entrou em vigor junto com o novo Código de Processo Civil, em 2016.

Obviamente isso está atrelado ao prazo de prescrição da dívida que é de cinco anos. Deste modo, segundo o novo Código de Processo Civil, desde 2016, todos os tribunais do país devem seguir a determinação de que as dívidas de condomínio que chegarem à Justiça deverão considerar o tempo de prescrição dos cinco anos.


Parece desgastante não é mesmo?

Contratando a Condoplus esse desgaste fica no passado! A Condoplus realiza de forma impecável a cobranças das taxas atrasadas. Toda a etapa descrita logo no início do texto sobre o síndico precisar juntar documentação, contratar advogados e provar que a dívida existe é realizada pela Condoplus e o melhor: Sem nenhum custo ao condomínio.

O custo de todo o processo incide apenas sobre o inadimplente.

Solicite uma proposta ao nosso departamento comercial.

Seu condomínio pode ter de volta os valores que tanta falta fazem ao financeiro.

Fonte: Town SQ  


COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA



Categorias


Postagens mais lidas

ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS

CONDOPLUS SOLUÇÕES EM COBRANÇAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS